Arquivos

Arquivo por Autor

Como renomear múltiplos arquivos no Mac OS X

Uma tarefa nada agradável, que geralmente temos que enfrentar é ter que renomear vários arquivos para facilitar na organização dos mesmos. No sistema operacional da Apple, o Mac OS, existe um programa que executa esta árdua tarefa, o Automator. Aqui vou explicar como criar um fluxo de trabalho no programa para que ele renomeie vários arquivos de uma só vez.

Passo 1. Selecione todas as imagens que você deseja renomear e as coloque em uma pasta;

Passo 2. Abra o aplicativo Automator: Finder > Aplicativos > Automator ou pressione a tecla Command+Espaço para abrir o spotlight e digite Automator;

A tela inicial do programa é a que você visualiza na imagem abaixo. Nesta tela, você irá escolher o primeiro item “Fluxo de Trabalho”.

Abertura Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Passo 3. Depois de selecionado o item “Fluxo de Trabalho”, é necessário criar uma rotina para que o Automator execute. Na coluna da esquerda, selecione “Arquivos e Pastas”, após isso clique no item “Perguntar por arquivos do Finder” e o arraste para o Fluxo de trabalho;

Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Lembre-se de definir a pasta onde estão os arquivos a serem renomeados e marcar o item “Permitir Seleção Múltipla”, que está localizada logo ao lado da caixa de seleção “Tipo”.

Passo 4. Ainda no item “Arquivos e Pastas”, selecione o item “Renomear itens do Finder” e assim como no passo 2, clique e arraste-o para o Fluxo. Ao fazer isso, aparecerá o seguinte alerta;

Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Clique em “Não Adicionar” e o Automator irá deixar seu fluxo da seguinte maneira.

Automator, Fluxo 2 (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Logo que o Automator estiver conforme a imagem acima, configure a forma a qual os itens deverão se renomeados:

4.1 Na primeira caixa de seleção, escolha “Tornar Sequencial”
4.2 Selecione o segundo item do “Adicionar número a” e digite um nome de sua preferência.
4.3 Defina a posição do número sequencial no nome dos novos arquivos
4.4 Escolha como será separado o nome do número do novo arquivo

Passo 5. Após configurar o Automator, clique no item “Executar”, que encontra-se no canto superior direito da janela do programa;

Passo 6. Selecione os itens que deverão ser renomeados;

Seleção de itens no Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Passo 7. Verifique se a janela do Automator ficou com todos os itens em verde;

Final do fluxo do Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Passo 8. Abra a pasta dos arquivos e note que todos os arquivos estão renomeados;

Última tela do Automator (Foto: Reprodução/Joares Miranda)

Quando você tiver alguma tarefa que possui muita repetição, sempre vale uma pesquisa para ver se não existe uma maneira de fazê-la com o Automator.

Fonte: Techtudo

Como criar disco de boot do OS X Mavericks para seu Mac

Nas versões anteriores do OS X instaladas a partir da Mac App Store, esse procedimento ocorria por meio de gravação do arquivo InstallESD.dmg, mas as versões preliminares do Mavericks não funcionaram da mesma maneira (embora o autor do utilitário Lion DiskMaker tenha descoberto uma maneira de fazê-lo funcionar, com uma versão para o Mavericks que está quase saindo).

O interessante é que as últimas versões de teste do Mavericks vieram com um utilitário “escondido” dentro do pacote do seu instalador, chamado createinstallmedia, e o que ele faz é exatamente gerar um pen drive de instalação.

Por enquanto o seu uso ainda exige alguns passos meio místicos, mas certamente nos próximos dias alguém vai disponibilizar algum app que funcione como uma casca amigável para ele.

Como criar disco de boot do OS X Mavericks

No momento, os passos são os seguintes:

1. Pelo Utilitário de Disco, formate seu pen drive de 8GB (ou mais) com o formato “Mac OS Expandido (Reg. Cronologicamente)” e o nome de Mavericks1, como na imagem a seguir:

2. Certifique-se de que o instalador completo do OS X Mavericks está no seu computador (ele precisa estar na pasta /Aplicativos ou /Applications, dependendo de como você olhar)

3. No Terminal, digite o enorme comando a seguir:

sudo "/Applications/Install OS X Mavericks.app/Contents/Resources/createinstallmedia" --volume /Volumes/Mavericks --applicationpath "/Applications/Install OS X Mavericks.app/" --nointeraction

É tudo em uma linha, e cuidado com as aspas, espaços e duplos-hífens!

Não se assuste se demorar mais de meia hora, o processo é longo, e bem pouco feedback aparece na tela do Terminal.

Depois que terminar e o Terminal retornar para o prompt, você já pode usar seu pen drive – é só dar boot no Mac estando com ele espetado, e mantendo pressionada a tecla Option.

Fonte: br-mac

The dark side of Disney’s ladies

CategoriasBesteirol Tags:, ,

Factory images – Android 4.3

Já estão disponíveis, no site do Google Developers, as imagens de fábrica do sistema operacional, versão 4.3, para os dipositivos:

  • Nexus 4;
  • Nexus 7;
  • New Nexus 7 (versão 2013);
  • Nexus 10 e;
  • Galaxy Nexus.

GOOGLE DEVELOPERS

Como ativar a placa de vídeo dedicada de seu notebook (se tiver, é claro!)

nvidia-vs-ati

Alguns amigos compraram os novos modelos de notebook da DELL, com placa de vídeo dedicada para a utilização de softwares que necessitem de mais recursos gráficos, como Autocad, Revit ou mesmo alguns jogos.

Os novos notebooks, possuem duas placas de vídeo. Uma integrada (que utiliza parte da memória RAM do notebook) e uma com memória dedicada. Esta última, por padrão, ficam desativadas pois consomem mais energia que o normal. Somente são ativadas, automaticamente e se o notebook estiver ligado na tomada.

Mas se você precisar utilizar mais recursos gráficos mas não estiver ligado na tomada? como fazer?

Abaixo segue o passo-a-passo:

1) Vá em “painel de controle”, depois em “opções de energia”;
2) Clique em preferências;
3) “Alterar configurações de energia avançadas”;
4) No lado esquerdo da janela clique em “Energia”;
5) Clique em Gráficos alternáveis;
6) Em “Procurar” escolha o software que deseja carregar para trabalhar com alta performance;
7) do lado direito do ícone do software selecionado clique na aba para mudar para “Alta performance”;
8) Clique em “Aplicar”.

Espero ter ajudado

Qual a melhor placa de vídeo? Custo x benefício?

Pesquisando um pouco esse mundo vasto de placas de video, encontrei um site bem legal que mostra benchmark de várias placas de vídeo.

Com isso, eles compararam os resultados obtidos e dividiram pelo custo médio de cada placa de vídeo, o que resultou no gráfico abaixo.

Placas de video - custoxbenefício

Fonte: videocardbenchmark

Root para Nexus 4, Nexus 7, Nexus 10 e Galaxy Nexus

nexus-family

Root em 1 minuto para dispositivos Nexus

1. Como citado, um novo método. Mais fácil, mais rápido, sem problemas, e como em tantas outras vezes, vindo dos fóruns XDA. (…)

2. Identificar o modelo do dispositivo: cada modelo possui um nome de código, e para saber qual arquivo será utilizado é importante não falhar na identificação do modelo. A maneira mais rápida e fácil é através do Google Maps. Basta acessar “Mapas -> Configurações -> Sobre” e será encontrada uma seção chamada “Dispositivo”.

3. Baixar o arquivo correspondente ao modelo do dispositivo. Com o nome encontrado na etapa anterior, escolha o download apropriado que se encontra ao final desta nota. É um arquivo zip, e dentro temos as imagens para cada sistema operacional (Windows, Linux, Mac OS X).

4. Reiniciar em modo Fastboot: para fazer isso, é preciso ligar o dispositivo pressionando Power + Vol para baixo + Vol para cima.

5. Conectar o dispositivo ao computador por meio do cabo USB (é preciso estar com os drivers corretos instalados).

6. No PC, entrar no console e escrever as seguintes linhas, segundo o sistema operacional em uso.

Windows:
root-windows.bat

Linux:
chmod +x root-linux.sh
./root-linux.sh

Mac OS X:
chmod +x root-mac.sh
./root-mac.sh

Será iniciado o processo, fique atento para as indicações no computador e no dispositivo. Depois de concluído, o dispositivo terá acesso root. Note que, se você nunca fez isso antes, possivelmente serão apagados todos os dados do dispositivo. Logo abaixo você confere os links para download dos arquivos.

Download para Galaxy Nexus (yakju)

Download para Galaxy Nexus (takju)

Download para Nexus 4 (occam)

Donwload para Nexus 7 (nakasi)

Download para Nexus 7 (nakasig)

Download para Nexus 10 (Mantaray)

Fonte: mobilexpert

Site com versões anteriores de programas

Recentemente me desfiz do meu querido Macbook Pro e comprei um PC desktop. Tenho encontrado algumas dificuldades que não esperava, pois depois de 5 anos utilizando o Mac, acabei me acostumando com a facilidade e na proteção do sistema operacional da Maçã.

A primeira estranheza foi que a maioria dos softwares que baixei para instalar no novo PC, vem incorporado plugins, barras de busca e outros softwares incorporados que são um saco. Se o sujeito não tem atenção na hora de instalar, logo logo seu computador fica cheio de tranqueira instalada. Alguns muito difíceis de desinstalar!

Outra coisa é que os arquivos de instalação de muitos softwares estão compilados em um instalador pequeno, impedindo de você fazer instalações off-line, como por exemplo o DivX. Especificamente o DivX, na minha opinião, a nova versão ficou pior que a versão anterior. Mas como faço para baixar a versão anterior? Com o instalador Off-line?

É aí que entra o site OldVersions.com. Descobri este site por acaso e me encantei logo de primeira. Um repositório de versões anteriores dos softwares mais utilizados. Vale a pena conferir.

oldversion

Cinema em Macaé

Hoje é sábado, dia de passear com as crianças. Só não levo para dar comida aos macacos pois o zoológico mais próximo fica a mais que 200 km de distância. Mas um cinema até que é mais fácil de providenciar.

No entanto, ir ao cinema no shopping plaza Macaé é um desafio e um treinamento intensivo à sua paciência. Uma fila enorme e apenas um caixa atendendo.

O vídeo fala por si.

ATUALIZAÇÃO 20/05/2013

Galera, seguindo a dica de minha amiga Carol, postei o link da minha reclamação na página do Cinemagic via Facebook e me deram retorno no mesmo dia.

Disseram que vão tomar providências, para alegria de todos os frequentadores do cinema em Macaé.

Acho que vou mudar a categoria desse post para “coisas boas”
image

image

CategoriasNotícias Tags:, , ,

Apple libera atualização para Macs equipados com portas Thunderbolt

Thunderbolt Firmware Update

Sobre a Atualização de Firmware para Thunderbolt v1.2

Esta atualização corrige problemas de estabilidade para o Thunderbolt e o Target Disk Mode [Modo de Disco de Destino].

Quando o seu computador reiniciar, uma tela cinza aparecerá com uma barra de status indicando o progresso da atualização.

Não interrompa ou desligue a energia do computador durante a atualização. Nota: seu computador precisa necessariamente estar conectado à fonte de energia para a instalação da atualização.

Para quem tem um Mac com porta Thunderbolt, clique no ícone da Maçã (na barra de menus) e depois em Atualização de Software… (Software Update…) para visualizar o update ou então, se preferir, podem baixar o arquivo DMG pelo próprio site da Apple [1,2MB].

Pais maus

Professor

PAIS MAUS “Um dia, quando os meus filhos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva pais e mães, eu hei de dizer-lhes: – Eu os amei o suficiente para ter-lhes perguntado aonde vão, com quem vão, e a que horas regressarão. – Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio, e fazer com que vocês soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia. – Eu os amei o suficiente para fazê-los pagar os doces que tiraram do supermercado, ou revistas, do jornaleiro, e fazê-los dizer ao dono: “Nós tiramos isto ontem, e queríamos pagar”. – Eu os amei o suficiente para ter ficado em pé, junto de vocês, duas horas, enquanto limpavam o quarto, tarefa que eu teria feito em 15 minutos. – Eu os amei o suficiente para deixá-los ver, além do amor que eu sentia por vocês, o meu desapontamento e também as lágrimas nos meus olhos. – Eu os amei o suficiente para deixá-los assumir a responsabilidade das suas ações, mesmo quando as penalidades eram tão duras que me partiam o coração. – Mais do que tudo, eu os amei o suficiente para lhes dizer NÃO, quando eu sabia que vocês poderiam me odiar por isso (e em alguns momentos até me odiaram). Essas eram as mais difíceis batalhas de todas. Estou contente, venci… Porque, no final, vocês venceram também! E qualquer dia, quando os meus netos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva pais e mães; quando eles perguntarem se os seus pais eram maus, os meus filhos vão lhes dizer: “Sim, os nossos pais eram maus. Eram os piores do mundo. As outras crianças comiam doces no café e nós só tínhamos que comer cereais, ovos, torradas. As outras crianças bebiam refrigerantes, comiam batatas fritas e sorvetes no almoço, e nós tínhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas. Nossos pais tinham que saber quem eram os nossos amigos e o que nós fazíamos com eles. Insistiam em que lhes disséssemos com quem íamos sair, mesmo que demorássemos apenas uma hora ou menos. Nossos pais insistiam sempre conosco para que lhes disséssemos sempre a verdade, e apenas a verdade. E, quando éramos adolescentes, eles conseguiam até ler os nossos pensamentos. A nossa vida era mesmo chata! Nossos pais não deixavam os nossos amigos tocarem a buzina para que saíssemos; tinham que subir, bater à porta, para que os nossos pais os conhecessem. Enquanto todos podiam voltar tarde da noite, com 12 anos, tivemos que esperar pelo menos até os 16 para chegar um pouco mais tarde; e aqueles chatos levantavam para saber se a festa foi boa (só para verem como estávamos, ao voltar). Por causa dos nossos pais, nós perdemos imensas experiências na adolescência: nenhum de nós esteve envolvido com drogas, roubo, atos de vandalismo, violação de propriedade, nem fomos presos por crime algum. FOI TUDO POR CAUSA DOS NOSSOS PAIS! Agora, que já somos adultos, honestos e educados, estamos fazendo o melhor para sermos PAIS MAUS, como eles foram”.

Dr. Carlos Hecktheuer- médico psiquiatra

 

CategoriasNotícias Tags:, ,

Lei que cobra imposto em vendas da Amazon e eBay avança nos EUA

finace_usa

Um projeto de lei que tramita nos EUA quer cobrar um imposto sobre vendas direto de lojas online, em toda compra, e está mais próximo de ser aprovado.

Se você pretende adquirir produtos na Amazon, eBay e semelhantes para entrega nos EUA, fique atento: suas compras podem ficar mais caras em breve.

A lei não deve ter efeito para compras internacionais – enviadas dos EUA ao Brasil, por exemplo. Mas se você adquirir algo e pedir entrega em algum estado americano, o imposto será cobrado.

O imposto sobre vendas varia entre estados, ficando entre 0% e 7,5% – veja a lista aqui. Ele é mais caro para entrega em estados como Nevada (onde fica Las Vegas) e Califórnia. (O valor do imposto pode variar também entre uma cidade e outra no mesmo estado.)

Na verdade, esse imposto já existe, mas em vários estados americanos é o consumidor quem deve estimar e pagar o imposto na declaração anual de IR. No entanto, muitos não fazem isto – daí o projeto de lei.

Por enquanto, os estados só podem cobrar o imposto direto das varejistas online caso elas tenham instalações físicas no estado – como um armazém, centro de distribuição ou mesmo lojas físicas.

Agora, o Senado dos EUA acaba de aprovar o Marketplace Fairness Act, projeto de lei que permite aos estados cobrarem tal imposto de todas as lojas online (com faturamento superior a US$ 1 milhão). O projeto tem o apoio de democratas e republicanos.

O projeto ainda não virou lei: ele segue para a Câmara e, depois, para o presidente Obama – que já disse “apoiar fortemente” o projeto.

A lei só valerá para empresas que vendam, na internet, mais de US$ 1 milhão por ano. No entanto, eBay e Etsy argumentam que esse limite anual é muito baixo, e obrigaria diversos vendedores a lidarem com o emaranhado de impostos cobrado nos EUA. O eBay até enviou e-mail para usuários pedindo que eles se manifestassem ao Congresso – mas o projeto continua avançando nos EUA.

Fonte: Gizmodo

Tecnologia em 1993 e em 2013

1993-2013

O que o Google deve fazer com sua conta depois que você morrer?

Public policy blog

O que vai acontecer com a sua vida digital caso você passe desta para uma melhor ou fique impossibilitado de acessar sua conta?

Pensando nisso o Google anunciou o lançamento de um gerenciador de contas inativas que permite configurar ela deve proceder caso você não consiga mais acessar seus dados.

Basicamente a ferramenta oferece os seguintes modos de controle da sua conta:

  • Alertas e avisos de inatividade;
  • Possibilidade de programar para que alguém (sem ser você, é claro!) seja notificado para acesso aos dados.

Você escolhe quais conteúdos serão compartilhados com cada contato e estas pessoas terão um prazo de 3 meses para poder fazer o download antes que a conta seja definitivamente desabilitada pelo Google.

Public policy blog 1

Intel anuncia a nova geração do Thunderbolt

Thunderbolt-i

A Intel anunciou a revisão do Thunderbolt, que ganhou o codinome de Falcon Ridge.

A promessa é que ele possibilite dobrar a velocidade máxima de transferência de dados, passando de 10 Gbps para 20 Gbps bidirecionais.

PÁGINA FALSA DA CIELO – CUIDADO!

CIELO 1

Amigos, não é de hoje que existem malandragens na internet buscando pessoas desatentas para passar a rasteira.

Hoje eu recebi por email, um link (FALSO) da Cielo, o qual redirecionava para uma página falsa, pedindo para você se cadastrar e concorrer a um sorteio. No site, há um local onde você precisa informar os dados do seu cartão de crédito. TODAS AS INFORMAÇÕES, incluindo o código de segurança.

Tentei avisar à Cielo, mas a página de mensagens deles é muito precária. Não consegui! Quem puder tentar, eu e as pessoas que não serão prejudicadas agradecemos.

FIQUEM LIGADOS!

PARA QUEM FOR DENUNCIAR, O ENDEREÇO DO SITE FALSO É ESSE DAQUI:

http://auacademy.com/index/images/images2/cielo/

CIELO 2

Pense a respeito…

aprender

Nós aprendemos:

10% quando lemos,
20% quando ouvimos,
30% quando vemos,
50% quando vemos e ouvimos,
70% quando discutimos/debatemos,
80% quando vivenciamos
e 95% quando ensinamos.

William Glasser
Psiquiatra norte-americano

O que é UHS-I

panasonic

O termo UHS-I está começando a fazer parte do dialeto da internet, mas ainda não é muito conhecido pelos usuários. UHS nada mais é do que o novo padrão de interface de barramento de alta velocidade.

Essa nova interface foi definida pela SD Association como parte das especificações dos cartões de memória do tipo SD. O novo barramento permite a transferência de dados em velocidades de até 104 MB/s, muito mais do que as encontradas nas atuais memórias do gênero.

Os novos modelos de cartões de memória da Panasonic possuem velocidade máxima de transferência de 60 MB/s. Mesmo que isso pareça pouco, as novas memórias da empresa japonesa conseguem transferir dados para o computador até 2 vezes mais rápido do que os modelos mais recentes.

Graças aos mecanismos de proteção durante a escrita, que permitem a integridade dos dados copiados do PC para a memória SD, os novos cartões da Panasonic garantem a qualidade de imagem em três dimensões e também de vídeo 3D ou gravados em Full HD.

Fonte: Tecmundo

Como mudar, pelo Internet Banking, sua conta no Banco do Brasil (BB) para o Pacote de Serviço Essenciais (gratuito)

banco-do-brasilSe tem uma coisa que eu detesto é pagar tarifas bancárias. Por quê? Simples: porque cada real entregue para o bolso dos bancos significa um real a menos no seu bolso. E isso, no longo prazo, pode ter um impacto significativo em sua saúde financeira, ainda mais considerando que hoje existem diversas alternativas para não pagar tarifas bancárias, mesmo que você viva realizando diversos DOCs/TEDs de sua conta bancária, e ainda que você não mantenha nem R$ 40 na conta-corrente de seu banco. Como? Simples: aproveitando-se das contas de serviços essenciais e das contas eletrônicas que os bancos são obrigados a manter, mas que fazem questão de esconder de você.

Eu mesmo sou adepto das contas de serviços essenciais. Mantenho essa modalidade de pacote de serviços em alguns dos principais bancos brasileiros, e tenho à disposição, de forma 0800 os seguintes serviços:

1. Fornecimento de cartão com função débito;
2. Fornecimento de segunda via do cartão de débito, exceto nos casos decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente;
3. Realização de até quatro saques, por mês, em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento;
4. Realização de até duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês, em guichê de caixa, em terminal de autoatendimento e/ou pela internet;
5. Fornecimento de até dois extratos, por mês, contendo a movimentação dos últimos 30 dias por meio de guichê de caixa e/ou terminal de autoatendimento;
6. Realização de consultas mediante utilização da internet;
7. Fornecimento, até 28 de fevereiro de cada ano, do extrato consolidado, discriminando, mês a mês, os valores cobrados no ano anterior relativos a tarifas;
8. Compensação de cheques;
9. Fornecimento de até dez folhas de cheques por mês, desde que o cliente reúna os requisitos necessários à utilização de cheques, conforme a regulamentação em vigor e condições pactuadas; e
10. Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos.

Fonte: Banco Central do Brasil (destaquei em negrito os serviços gratuitos mais interessantes).

Em uma das contas que eu migrei para o Pacote de Serviços Essenciais, o valor da cesta de serviços mensais era de R$ 40. Fui até a agência, solicitei a alteração do pacote de serviços, assinei o que tinha que assinar e, em menos de 7 minutos, já estava com R$ 40 a mais no meu bolso todo mês, o que significou uma economia anual da ordem de quase R$ 500.

Felizmente, alguns bancos já permitem fazer a migração pelo Internet Banking, sem mesmo ter que gastar tempo (inútil) indo até a agência bancária mais próxima. Um desses bancos, surpreendentemente, é o Banco do Brasil.

Portanto, se você, cliente do BB, também está cansado de ver o dinheiro indo pelo ralo, abastecendo os cofres do banqueiro (ao invés de abastecer o seu bolso), e quer dar um basta nessa situação, siga os passos descritos na imagem abaixo:
BB1
Os passos são esses, de modo resumido: >> menu “Serviços e segurança” >> aba “Pacote de Serviços” >> opção “Adesão / Alteração / Cancelamento” >> selecione a opção “SERV. ESSENCIAIS PF” >> botão “CONTINUAR”. As alterações serão processadas a partir do mês subsequente. Pronto! Um belo dinheiro economizado, ou melhor, ganho por você, com esses simples passos.

Mas eu realizo com frequência TEDs e DOCs por mês. Há alguma saída para mim?

Sim, há, e o nome da criatura, no caso do BB, é “Conta digital”. Nesse caso, são cobradas as tarifas realizadas apenas por meios presenciais, na agência. Mas atenção: normalmente, a migração para esse pacote não pode ser feita via Internet, apenas presencialmente, na agência. Na página do BB, consta a tabela de serviços inclusos nessa modalidade de cesta:

BB-Conta-DigitalComo se vê, trata-se de uma ótima alternativa para fugir dos altos custos decorrentes dos pacotes de serviços, os quais, normalmente, oferecem no máximo de 2 a 8 TEDs/DOCs gratuitos por mês – e nessa conta se incluem os pacotes Premier, Prime, Estilo, Van Gogh, Personnalité etc. A conta digital, apesar de ser mais simples que essas contas de nomes pomposos que existem por aí, oferece 40 (quarenta) TEDs/DOCs gratuitos por mês, o que dá e sobra para a necessidade da maioria das pessoas.

Os bancos concorrentes também têm, além dos pacotes de serviços essenciais, suas respectivas contas digitais gratuitas e isentas de tarifas para serviços eletrônicos: no caso do Itaú, é a iConta, e, no caso do Bradesco, é a DigiConta.

Para saber mais sobre a Conta Digital, recomendo a leitura do pioneiro artigo escrito pelo amigo Jônatas, no blog Efetividade.blog, onde, na seção de comentários, podemos ver a dificuldade de leitores/clientes do Brasil inteiro de migrar a conta para o pacote digital e/ou a cesta de serviços essenciais. Lembre-se sempre: gerentes de bancos não são seus amigos, e o objetivo deles é atender primeiramente os interesses do banqueiro, e, se sobrar alguma coisa, o seu interesse também.

Fonte: ValoresReais

Aplicativo Reeder está gratuito nas versões para Mac e iPad

reeder

Ler notícias por meio de RSS é super útil para quem navega bastante no universo da web. Com o fim do Google Reader agendado para o dia 1 de julho, usuários buscam outras alternativas. O Flipboard (…) e o Reeder são duas delas.

Resumidamente, o Reeder é um app que oferece a possibilidade de agrupar informações de diversos sites. A maioria dos principais portais de notícias que são constantemente atualizados (…) oferecem a opção de assinatura por RSS. A técnica de gerenciar RSS agrupa todas as notícias de diferentes fontes adicionadas manualmente por você. Super prático para quem lê bastante ficar sempre atualizado. Até hoje, o Reeder, que fazia esse trabalho com muito estilo, era pago. Não mais. Em nota oficial, o desenvolvedor do Reeder anunciou que o seu aplicativo para Macs e iPads serão gratuitos a partir de hoje.

Downloads:

Fonte: ipodschool

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 439 outros seguidores