De tudo que já li sobre bitcoin, esse foi um dos melhores textos sobre o assunto. Recomendo a leitura.

Existe um pouco de Menger, Mises, Hayek, Rothbard e Kirzner no plano de Satoshi

O Bitcoin parece ter surgido do nada no início de 2009 como um sistema monetário e de pagamento unificado, algo que ninguém tinha previsto. É verdade que as primeiras pessoas que viram o mérito e viabilidade do projeto foram slingers e hackers. Eles publicam seus papers em locais estranhos, e esses trabalhos não estão disponíveis nas bibliotecas universitárias. É muito difícil acompanhar esses trabalhos, e não existe literatura acadêmica sobre isso. Daí reside a beleza do Bitcoin, você embarca neste mundo, começa a usá-lo, e aprende tudo do zero.

De minha parte, permaneci cético em relação ao Bitcoin por dois anos. Parecia loucura que a moeda pudesse, de alguma forma, ser criada por um computador sem um lastro físico ou externo. De certa forma, parecia contradizer tudo que sabíamos até o momento sobre a moeda.

Mas agora que a moeda está consolidada, sua infraestrutura sendo construída, caixas eletrônicos se espalhando por aí, a opinião pública está se rendendo a ela. A criptomoeda é uma realidade e chegou para ficar.

É o momento ideal para uma retrospectiva, de modo a descobrir quais economistas anteciparam essa ideia radical, que os próprios mercados poderiam descobrir e sustentar uma moeda independente do estado. Para encontrarmos esses economistas, precisamos começar por aqueles que consideraram a moeda como um bem de mercado, criado por meio da experimentação empresarial.

(…)

CONTINUE LENDO O TEXTO

NO BLOG DO AUTOR

 

Anúncios