Arquivo da categoria: Baianês

O QUE SIGNIFICA “LÁ ELE”

O “lá ele” é uma das mais importantes expressões do idioma baianês,
mais especificamente do dialeto soteropolitano baixo-vulgar. Segundo
os léxicos, a expressão significa “outra pessoa, não eu”

(LARIÚ, Nivaldo. Dicionário de baianês. 3ª ed. rev. e ampl. Salvador: EGBA, 2007, s/n).

Anúncios

Vamo embora, vú?

lingua portuguesa

No baianês, existe uma expressão muito comum. O ““.

Gramaticalmente, “vu“, como oxítona terminada em “u”, não deveria ser acentuada, mas o “” baiano tem uma força a mais na hora de falar.

é a abreviação de uma palavra que já é pequena por natureza, o “viu”.

É que esse lance de falar tudo explicadinho é uma perda de tempo da zorra! Se “ pra abreviar… A gente abrevia, ?

Obs: Dé = der

Nomes de filmes em baianês

Denny Torres

Uma linda mulher: A nega é toda boa
Velocidade Máxima: O Buzu Avionado
Os Bons Companheiros: Os Corrente
O Paizão: O Grande Painho
A Morte Pede Carona: A Miséra Quer Pongar
Ghost: O Encosto
O Poderoso Chefão 1: ACM
O Poderoso Chefão 2: ACM Júnior
O Poderoso Chefão 3: ACM Neto
O Exorcista: O Lá Ele
Táxi Driver: O Taquiceiro
Corra Que A Policia Vem Aí: Se Pique Que Os Homi Tão Descendo
O Senhor dos Anéis: O Coroa Dos Balangandan
Janela Indiscreta: Vizinho Na Cócó
Velozes e Furiosos: Virados No Estopô
Esqueceram de Mim: Me Crocodilaram
Forrest Gump: O Culhudeiro
Clube da Luta: Os Comedor de Pilha
O Cavaleiro das Trevas: O Jagunço do Breu
Cidade de Deus: Bairro da Paz
O Que É Isso, Companheiro!: Colé de mermo, meu rei!
A Casa Caiu: A RONDESP chegou
O fim dos dias: Nós “tamo” é lascado
Mamma Mia!: Ó paí…

Ver o post original 33 mais palavras

Bondes da Bahia

Uma incrível seleção de fotos antigas dos diversos modelos de bondes da Bahia.

Aproveitem as imagens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nomes de filmes em baianês

Uma linda mulher: A nega é toda boa
Velocidade Máxima: O Buzu Avionado
Os Bons Companheiros: Os Corrente
O Paizão: O Grande Painho
A Morte Pede Carona: A Miséra Quer Pongar
Ghost: O Encosto
O Poderoso Chefão 1: ACM
O Poderoso Chefão 2: ACM Júnior
O Poderoso Chefão 3: ACM Neto
O Exorcista: O Lá Ele
Táxi Driver: O Taquiceiro
Corra Que A Policia Vem Aí: Se Pique Que Os Homi Tão Descendo
O Senhor dos Anéis: O Coroa Dos Balangandan
Janela Indiscreta: Vizinho Na Cócó
Velozes e Furiosos: Virados No Estopô
Esqueceram de Mim: Me Crocodilaram
Forrest Gump: O Culhudeiro
Clube da Luta: Os Comedor de Pilha
O Cavaleiro das Trevas: O Jagunço do Breu
Cidade de Deus: Bairro da Paz
O Que É Isso, Companheiro!: Colé de mermo, meu rei!
A Casa Caiu: A RONDESP chegou
O fim dos dias: Nós “tamo” é lascado
Mamma Mia!: Ó paí ó
Turistas: Os gringo
Guerra dos mundos: Hoje tem Ba x Vi
O Chamado: Venha cá, véi
O Chamado 2: Se chegue logo, vú?
Á beira da loucura: Tu tá é muito doido!

Aprenda a falar baianês

“(…) palavras que não fazem parte do baianês mas que saem diariamente da boca do baiano. São coisas engraçadas, apesar de absurdas e por serem tão características acho que vale a pena citar aqui. Veja os piores casos:

– “Namuscada“: é aquele condimento que se usa para cozinhar, conhecido em bom português como “noz moscada”. Não sei se o sabor é o mesmo mas a pronúncia…
– “Quer nizer“: versão da expressão “quer dizer”. Desde que consegui parar de rir após ouvir essa maluquice, eu me pergunto o que significa ‘nizer’ na cabeça de quem fala isso!
– “Cagado e cuspido“: é aquela pessoa muito parecida com outra. Só que no resto do país, se diz “encarnado e esculpido”. Bobagem, nem dá pra notar a diferença, né?!
– “Minduís“: é o amendoim que nasce na Bahia.
– “Ondibinho“: acredite, é o diminutivo de ônibus! Eu falaria onibusinho mas talvez eu esteja errada!
– “Ondibus“: advinha?!
– “Tirar as genitais“: esse foi extraído da TV local, em um programa popular. Você já tirou as genitais de alguém? E as suas? Bom, mas as “digitais” com certeza tirou, né?!
– “Morródia“: não sei é erro de português ou erro médico! Mas também se chama hemorróida.
– “Cunzinha“: pare de pensar em sacanagem! Cunzinha e cozinha são a mesma coisa!
– “Menas“: é quando o baiano tem “menas dor” ou “menas condições“, ou “menas possibilidades” de aprender a falar direito, etc…”

Fonte: ohsuamisera